Pet Shop, Clínicas de estética e veterinária

Segmento pet cresce e chama atenção de novos empreendedores

By 23 de Abril de 2018 No Comments

Imagine ter mais de 100 milhões de clientes? Seria perfeito, né?! De acordo com uma pesquisa feita pela Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação), em 2013 haviam mais de 132 milhões de animais de estimação – 52 milhões de cães, 22,1 milhões de gatos, 18 milhões de peixes e 37,9 milhões de aves (veja aqui).

Os dados são de 2013 e devem ser atualizados neste ano, porém é visível um número cada vez maior de animais de estimação, o que faz acreditar que os números citados acima cresceram bastante.

Em relação a faturamento de todo o segmento, 2017 fechou com um aumento de 7% em relação ao ano anterior, alcançando R$ 19 bilhões. Este valor reforça o crescimento e mostra que é um setor que pode ser muito explorado.

Animais de estimação viraram membros da família, o que explica o aumento de gastos por parte dos tutores. Em média, cerca de R$ 300/mês é desembolsado por cão, entre ração, mimos, banho e tosa. Para gatos, o valor cai para a média de R$ 120/mês.

Nos últimos anos, muitos empreendimentos pets têm nascido com a intenção de abocanhar uma fatia deste faturamento.

Dentro do segmento, uma opção mais consolidada para garantir o sucesso do negócio são as franquias (veja aqui). De pet shops, clínicas, chegando até a planos de saúde animal, elas oferecem estabilidade maior do que começar seu negócio do zero. Mas, claro, isso varia muito de onde quer chegar.

Por isso, é muito importante um planejamento profundo, ampla pesquisa de mercado, região, público-alvo e muito mais. Visite o Sebrae de sua cidade para receber mais informações ou cogite, então, contratar uma consultoria que possa te auxiliar.

Aposte em algo diferenciado. Caso seja difícil pelo tamanho da sua cidade por exemplo, invista em treinamentos e cursos especializados para oferecer um serviço escasso ou inexistente. Atendimento personalizado é um dos pilares do seu negócio, além de um bom planejamento e fornecedores que ofereçam o melhor custo-benefício, podendo levar essa vantagem também aos seus clientes.

Uma sugestão para quem quer iniciar seu negócio pet é a Clínica Empreendedora. O espaço possui materiais gratuitos e cursos online com coordenação do Professor Marco Antonio Gioso, livre-docente da Faculdade de Medicina Veterinária e Zoonoses da USP e conselheiro da World Veterinary Dental Council, além de atuar na área de gestão e empreendedorismo (veja aqui).

A inovação é a chave para que sua empresa cresça sempre, por isso é importante não estagnar. Se tem uma loja física, estude a possibilidade de abrir um e-commerce com vendas para o Brasil todo. Há ótimas oportunidades para este meio, porém é sempre necessário pensar em qual será seu diferencial, principalmente porque a internet é um meio com mínima interferência humana, então possuir produtos de qualidades e garantir ações eficazes para sua loja eletrônica fidelizam seus clientes muito mais fácil e rápido, levando o nome de sua marca para outros potenciais consumidores.

Leave a Reply